Parto: Cesariano ou Normal? Eis a questão!

Olá meninas, tudo bem com vocês? Espero que sim!
Bem, eu estou um pouco sumida daqui né? Mil perdões mas ultimamente, to dando uma de mini "empreendedora" e vendendo umas coisinhas pra ganhar um dinheiro a mais, quem não gosta né? Enfim, fiquei muito feliz ao entrar no meu blog e saber que chegamos as 
10 MIL VISUALIZAÇÕES! 
Quero agradecer a todas por essa grande conquista!
Então, o post hoje vai falar sobre os dois tipos de partos que temos hoje no nosso país. 
Que gera muita discussão e polêmica entre as mamães, pois é! Em pleno século XXI tem gente que ainda bate boca por causa de PARTO!  Mas vamos deixar de conversa e ir para o que interessa:




Vantagens & desvantagens: 

* Parto Normal - Vantagens:
* Menor chance de infecções e complicações pós-parto;
* Recuperação mais rápida e segura da gestante;
* A ligação entre mãe e bebê é muito maior;
* A dor é realmente intensa, mas já há métodos para amenizá-las;
* A contaminação do bebê pela flora bacteriana da vagina da mãe parece importante para a formação da flora intestinal do bebê e para diminuir as chances de que ele tenha problemas alérgicos no futuro;
* Quando o bebê passa pela vagina, ela exerce uma compressão natural no tórax favorecendo a eliminação do líquido da bolsa amniótica que o bebê tem nas vias respiratórias.
* Desvantagens: 
* O bebê deve estar numa posição favorável para nascer desta forma;
* Quando o espaço para a passagem do bebê é insuficiente, é preciso que o médico faça um corte na passagem vaginal, um procedimento chamado de episiotomia.
Obs: Há casos de partos humanizados que a posição do bebê não interfere em um parto normal.

*Parto Cesariano - Vantagens: 
* Pode ser uma alternativa mais segura, se o parto normal oferecer riscos à saúde da mãe ou do bebê (devido à posição do neném, doenças pré-existentes, descolamento de placenta, pré-eclampsia etc);
* O bebê pode ser retirado no momento certo e com rapidez, com dia e horário marcado;
* Não há dor durante o parto (a gestante leva uma anestesia geral).

* Desvantagens: 
* Há riscos de infecções;
* O pós-operatório é lento e doloroso, podendo deixar grandes cicatrizes;
* Os recém-nascidos podem ter problemas respiratórios;
* Influencia negativamente na amamentação.

Minha Opinião: 

Hoje, sou uma grande defensora do parto normal. O meu parto foi normal, praticamente um PH* . tive minha neném praticamente sozinha, com a grande ajuda da minha tia, já que as enfermeiras só chegaram quando a cabeça da minha filha já estava totalmente do lado de fora. Não cheguei a sala de parto, dei a luz no Pré Parto, não precisei de episiotomia, minha dilatação foi completa. (cheguei aos 10 cm). Sim, doeu bastante, na verdade o que dói são as contrações e essas muitas mulheres que faz a cesariana também sente! A fase de expulsão do bebê não é tão doloroso quanto as contrações! De acordo com dados do Ministério da Saúde, 52% das futuras mamães optam pela cesariana no Brasil, sendo que 82% são realizados na rede privada e 37% na rede pública. Claro que alguns desses casos acontecem por ordem médica, mas há também as mães que desconsideram o parto normal por medo da dor ou em busca de um processo mais rápido. 
Mas se você é uma daquelas mamães que querem ter o parto normal, mas tem medo da
dor, saiba que Deus fez a mulher com esse empoderamento, e se Deus nos
fez capaz de ter um parto normal é porque o nosso corpo pode! Então não deixe
o medo tomar conta de você. Você pode, você consegue! Seu corpo foi feito pra isso.
*PH: Parto Humanizado

Não faça um cesárea desnecessária: 
Motivos reais p/ fazer uma cesárea

- Estado Fetal Intranquilizador (sofrimento fetal): quando o bebê não está bem e o nascimento precisa ocorrer prontamente – e a cesárea é a via de parto mais rápida.
- Apresentação córmica: quando o bebê está atravessado no momento do trabalho de parto.
- Hemorragias maternas no final da gravidez: podem ocorrer por descolamento da placenta (quando a placenta descola antes de o bebê nascer) ou placenta prévia (quando a placenta recobre o colo do útero). As duas pedem uma cesárea. Mas sangramentos pequenos podem acontecer também pela dilatação do colo do útero e, neste caso, não há necessidade de cirurgia.
- Mãe portadora do HIV: pesquisadores do International HIV Group analisaram diversos estudos e concluíram que as chances de transmissão do vírus da mãe para o bebê diminui em 50% se feita a cesariana programada. 

- Apresentação pélvica em primigesta (bebê sentado em mulheres que nunca pariram): o bebê pode nascer sentado, mas nestes casos o risco relativo do parto normal é maior que o da cesárea.
- Herpes genital com lesão ativa: há maior chance de o bebê se infectar durante o parto normal do que na cesariana eletiva.
- Prolapso de cordão: o cordão sai antes do bebê. O problema é que quando o bebê passa pelo canal, quando feito o parto normal, provoca uma pressão no cordão, impedindo a passagem de sangue para a criança

Obs: Mãe é mãe! Se você fez cesárea é mãe, quem teve parto normal 
é mãe! Vejo muitas pessoas brigando e discutindo por causa disso.
Mas abram os olhos, não deixem fazer uma cesárea desnecessária por medo.
Beijos de luz!


0 comentários:

Postar um comentário

Mãe antes dos 20 Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados